Você sabe o que é DevOps e como ele pode influenciar no desenvolvimento de sua empresa?

Procura desenvolver o crescimento dela em um ambiente corporativo. Sempre em busca de  soluções para os problemas cotidianos com técnicas inovadoras. Além de tudo isso ela ainda é capaz de otimizar todos os processos?

Caso a resposta seja negativa, é importante conheça o DevOps.  Assim você vai saiber como ele pode ajudar a melhorar os processos de Desenvolvimento de Operações na área de TI dentro de uma empresa.

Conceito de DevOps

O DevOps foi estabelecido para descrever um conjunto de práticas para integração. Em especial entre as equipes de desenvolvimento de softwares (infraestrutura ou sysadmin). Mas também abrange operações diretamente ligadas ao mercado de TI, e de apoio envolvidas (como controle de qualidade). Ele está intimamente ligado na atuação e adoção de processos automatizados para produção rápida e segura de aplicações e serviços.

O DevOps se caracteriza pelo conjunto de diferentes empresas que possuem motivações distintas. Neste sentido, o setor de Desenvolvimento adquiriu metodologias mais rápidas, que visam o alinhamento ao negócio seguido.

Porém, no que tange apenas à área de Operações. Esta, não se preocupa como o ambiente e o desenvolvimento da produção, pois, temem um novo ponto de instabilidade. Ocasionalmente, pode desvalorizar o produto da empresa. Neste sentido, existem muitos interesses contrários entre ambos. Um setor que visa a evolução e outro que quer garantir.

Esta ideia então, permite que se desenvolvam novos pensamentos sobre a forma de trabalho valorizando a diversidade de atividades e profissionais envolvidos e atitudes colaborativas. E neste processo é possível desenvolver formas ágeis de aplicações que caracterizam-se por um modelo de gestão de infraestrutura definido sob regras rígidas e burocráticas.

Neste contexto, o DeVops e seu setor de desenvolvimento, já consegue estabelecer em seus padrões de serviços prestados, entregas rápidas e com qualidade, que trabalham de forma a atender a expectativa dos clientes, que por sua vez, procuram recursos diversificados valorizando o produto da empresa.

 

Tendências do DevOps

 

Agora que você entendeu como o Devops funciona, esteja atento às 15 tendências que comprovarão porque o DevOps é importante para o desenvolvimento de uma empresa, e também de sua carreira:

 

  1. Integração entre as áreas

 

O DevOps incentiva a ruptura de barreiras entre as áreas permitindo maior comunicação e funcionalidade, de modo que, os negócios sejam otimizados.

Ele promove a união de toda empresa, e não apenas aos profissionais da área de TI e proporcionando boas experiências troca de ideias entre os demais setores.

 

  1. DevOps estabelece pilares para seu bom desenvolvimento

 

O DevOps desenvolveu uma cultura sustentada em pilares que visa sua organização e planejamento que visa:

  • Integração Contínua: Consiste em uma transferência simples de conhecimento que permitem boas experiências entre as áreas de Desenvolvimento, Operações e Apoio, além de outras áreas, que podem influenciar neste processo.
  • Implantação Contínua: Consiste em uma liberação rápida que proporciona a continuidade de novas versões de software ou serviços.
  • Feedback contínuo: Consiste em feedbacks frequentes das equipes envolvidas, estabelecendo boa comunicação em todas as fases do ciclo de vida do software ou serviço, visando evitar falhas durante e depois do processo.

 

  1. Empresa do Século XXI que visa a modernização

 

O DevOps desenvolve tendências, dentre elas, está a tendência da cloud computing,que consiste em um conjunto de plataformas, softwares e infraestruturas que são fornecidos por serviços terceirizados e tem como intuito  possibilitar a  viabilização os objetivos do cliente.

Deste modo, este serviço requer seu desenvolvimento com nuvens híbridas que tem como objetivo principal, a diminuição de custos operacionais e no intuito de melhorar a rotina da TI da empresa.

A nuvens híbridas, no que tange a valorização, ainda permitem agregar ao padrão interno tecnologias de ponta sem que a empresa tenha a necessidade  investir na compra de equipamentos de última geração.

  1. Foco diretamente no projeto

  

O DevOps visa a construção de um ambiente agradável onde os funcionários se ajudam mutuamente além de possibilitar a criação de um lugar livre de preconceitos, onde o objetivo principal e em comum está somente no projeto.

Portanto, o pensamento a ser desenvolvido é de que os profissionais precisam atuar na ação de sustentar o projeto e o que há de melhor nele e ao invés de apenas brigarem por suas áreas de atuação.

O rompimento de tradições e paradigmas  fazem com que as equipes tenham um comportamento colaborativo, construtivo e de respeito mútuo.

 

  1. Flexibilidade no trabalho

 

O DevOps visa desenvolver profissionais capazes de atuarem na expansão ou na retirada de recursos a fim de que a empresa arque apenas com os custos que possui.

Visa utilizar também, componentes que atendem a necessidade do cliente, e não a do profissional, para tanto, requer pessoas capacidades tanto em sua área, mas também que possam desenvolver habilidades criativas.

  1. Resolução mais rápida

 

O DevOps visa na resolução mais rápida dos problemas através de uma equipe integrada, que priorizará os problemas mais críticos do projeto. De forma a se unirem e desenvolverem uma comunicação otimizada, corrigindo os possíveis acidentes.

 

  1. Gerenciamento dentro dos imprevistos

 

O DevOps visa a construção de uma atuação de trabalhos que não foram planejados, sendo este, um problemas que a maioria das equipes enfrentam, porém, quando não existe o desenvolvimento de suas capacidades conjuntas, este tipo de situação pode afetar o rendimento do trabalho da equipe.

Portanto, no que tange aos processos estabelecidos e priorização clara, o DevOps permite que as equipes gerenciarem melhor o trabalho não planejado, porém, sem que tirem o foco daquilo que foi planejado.

Neste sentido, é importante trabalhar na transição e priorização do trabalho que não foi planejado em diferentes equipes e sistemas, para que desenvolvam suas habilidades.

 

  1. Eliminação do Trabalho Repetitivo

 

O DevOps estabelece em sua cultura o Investimento em automação que visa erradicar o trabalho manual repetitivo, o que impede a geração de processos que visam a otimização da empresa.

Além disso, no que diz respeito a compilação, teste, implementação e provisionamento automatizados, temos que esses devem ser priorizados para que possam dar início ao Desenvolvimento de Operações dentro de uma equipe.

Portanto, é importante saber que equipes novas em automação geralmente começam com entrega contínua, que não é algo tão rápido e fácil preparar, mas o retorno do investimento faz valer muito a pena, pois, a prática de executar cada código muda ao longo de muitos de testes automatizados, frequentemente facilitados por infraestrutura baseada em nuvem.

 

  1. Mais reuniões conjuntas

 

O DevOps promove reuniões conjuntas em equipe, ao invés de várias reuniões isoladas que demandam tempo.

Desta maneira, a reunião será representada pelo menos por um profissional de cada área que exporá as suas ideias, dificuldades e ações em relação a projeto em execução.

 

  1. Padronização dos ambientes de uma empresa

 

O Devops está voltado para garantia que os ambientes sejam idênticos e contenham apenas mudanças pertinentes a cada projeto. Para que desta maneira recursos, como documentação e relatórios, desenvolvedores e operadores não se percam. Assim eles seguem melhores práticas no seu trabalho.

Neste contexto, existe a necessidade implementar um gerenciamento de configuração para que qualquer mudança inserida manualmente nos servidores. Dessa forma isso permitirá que o ambiente de TI facilite o controle e o acompanhamento de processos. Provendo as áreas de maior autonomia e maior capacidade de responder rapidamente a problemas, mudanças e incidentes. Contudo isso não quer dizer que seja através de uma gerência de configurações seja automaticamente desfeitas.

 

  1. Gestão Inteligente e eficaz

 

Uma das características do DevOps com certeza é a flexibilidade, que, neste contexto, passa a ser uma importante ferramenta no mundo que requer ações rápidas e alternativas.

Alguns quadros podem ser usados neste contexto tais como o Scrum. Ele mostra as etapas já vencidas pela equipe, dando uma noção real do que falta para ser completado.

A gestão também deve entender dos incidentes, uma vez que eles acontecem na empresa, mas, que precisam ser tratados com muita agilidade. As ferramentas como políticas de rock ball, além de backpus são de grande importância para uma monitoração ativa do sistema, visando a entrega do projeto em tempo hábil.

 

  1. Mensuração de resultados

 

A mensuração de resultados é de suma importância para o Desenvolvimento de Operações, e deve ter como objetivo outros pontos tais como:

 

A métricas principais

 

De forma simples, no DevOps as métricas apenas indicam processos de operação, suporte, tempo para resposta, performance e volumetria de erros.

Não requer números mirabolantes, pois, sabe que o tempo é precioso para estes profissionais.

 

Acompanhamento e governança

 

Portanto são baseados no tempo médio das ações, restauração de serviço, velocidade de verificação do software, aplicações de redes, taxas de erros e ciclo de desenvolvimento, aliados ao desempenho demonstrado, com este tipo de mensuração, é possível perceber:

  • Necessidades do Negócio
  • Forma como os times atuam
  • Adequação de ferramentas
  • Desenvolvimento mais desburocratizado
  • Boas passagens de mão
  • Atuação dos colaboradores
  • Indicação de capacitações
  • Qualidade de todos os processos
  • Feedback e colaboração das áreas

 

  1. Negócio Just in time

 

Assim tempo deve ser um grande aliado no que diz respeito ao DevOps, neste sentido, a operação das equipes visa a promoção do desenvolvimento do negócio aliado à qualidade e otimização dos recursos humanos, do tempo, da tecnologia e do financeiro.

Dessa forma visando bons trabalhos executados em menor tempo.

  1. DevOps Orquestraion

   

O DevOps é comparado a um orquestra de música, onde cada profissional assume um papel com seus instrumentos individuais que formaram a equipe e o projeto.

Para isso, damos o nome de orquestração, o que significa que as atividades devem ser integradas de modo que só assim, a eficiência pode ser alcançada.

Isso pressupõe que haja uma automatização das tarefas como objetivo de otimizar os processos, reduzindo os passo repetitivos.

Portanto, quer dizer : tempo de produção e resultados entregues ao cliente em menor tempo possível.

 

  1. Cloud como base do DevOps

 

  Assim a relação de trabalho do DevOps está diretamente ligada à nuvem. Isso porque é a partir dela que se dão os armazenamentos de dados inerentes para o desenvolvimento dos serviços de TI.

Contudo, é certo que algumas empresas preferem um modelo mais reservado, entretanto, isso pode dificultar os caminhos dos profissionais.

A Cloud permite mais segurança na realização do trabalho. Entretanto, sem sua presença, as soluções devem ser desenvolvidas de ponta a ponta.

Embora não seja obrigatório a participação de terceiros no processo de desenvolvimento do DevOps. Esta forma, é mais reconhecidamente produtiva entre o meio. Entretanto, cabe a empresa entender o que é melhor.

 

Conclusão

 

Dessa forma, o que diz respeito ao Desenvolvimento de Operações, temos que este é um sistema que visa as necessidades da empresa moderna.

Estamos em uma era, em que a demanda é alta e o tempo para entrega é curto. Neste sentido, através dos processos desenvolvidos pelos DevOps é possível realizar a otimização e entrega do serviço rapidamente.

O que podemos compreender que este tipo de sistema ainda precisa ser integrado. Uma vez que, existe uma forte cultura de empresa tradicional. Neste sentido o DevOps consiste em uma quebra de paradigmas. Isso uma vez que o futuro mostra cada vez mais que a rapidez e qualidade farão a diferença.

Assim, o conceito de DevOps não precisa ser plantado repentinamente em uma empresa. A mesma pode absorver partes do processo modificando sua atual situação. Porém, o importante é que a mesma reconheça esta necessidade.

Portanto, para que uma empresa comece a entender este processos é preciso que primeiramente:

  • Ela conheça o conceito de DevOps.
  • Entenda que, para seu sucesso precisará de pessoas competentes e qualificadas para uma boa atuação
  • Crie um projeto piloto onde possa analisar os erros e acertos do sistema
  • Crie indicadores de desempenho
  • Entenda que a automatização dos processos fará a diferença entre o bom e o ótimo
  • Leve em consideração que para esta criação existirá uma cadeia de ferramentas que precisam ser utilizadas.

É importante entender que adaptações são necessárias as mais variadas tecnologias permitem o aperfeiçoamento do desempenho. Entretanto, elas precisam ser aplicadas, pois, no futuro, quem não desenvolver novos processos de atualização, corre o risco de ter uma empresa com moldes ultrapassados.